sexta-feira, 30 de abril de 2010

~*



-

Nós  nascemos sem pedir,
e morremos sem querer;



aproveite o intervalo!

Hora De Voar ~*



"E o mundo é mais feliz
Quando ela dança e ri
Igual a uma criança, diz
Que já nasceu assim..."

- Darvin ~*

terça-feira, 27 de abril de 2010

Ame Mesmo Assim ~*

"Se você construiu uma vida toda
Algo que o vento vem levar
Construa mesmo assim
Se o sonho é distante
E você nunca sabe se ele um dia vai realizar
Sonhe mesmo assim
A vida é tão dura e o teu Deus é muito grande
Mas nem sempre Ele responde, sim, a tua oração
E em meio a este silêncio não desista, vai orando
Deus tem o melhor pra o teu coração
Tente mesmo assim
O mundo nunca dá motivos pra se acreditar
Que as coisas vão um dia melhorar
Creia mesmo assim
Você vai amar alguém com toda força
Mas amanhã ele pode te deixar
Ame mesmo assim,
Ame mesmo assim
Se você marcar uma geração com o seu canto
Com o passar do tempo esquecerão a sua voz
Então, tente lembrar que o mundo não te dará honras
Mas Deus não te esqueceu e não te esquece não
Cante mesmo assim
Construa o melhor, sonhe mais que tudo
Não pare de orar, ande no escuro
Se alguém que amas tanto te abandonar
Continue a amar
Continue a amar
Ame mesmo assim
Sonhe mesmo assim"

- Cristina Mel ~*

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Menina do Balaio ~*




"Menina do balaio, donde cê pareceu
Trazendo festa em meu berço
Festando em balaio meu
Mandando beijos pra chuva
Chovendo beijos em mim
Quero abraço da santa
Quero a cruz, querubim
Quero o nome do herdeiro
Quero herdar teu sorrir
Quando acordo primeiro é só pra te ver dormir
Ô menina do balaio, que é que me aconteceu
Cê aparece sem pressa, e depressa leva o que é meu
Na boca um beijo e no abraço
Meu braço, não sei qual é
A gente se misturando, feito leite e café
Que faço em quanto cê sonha,
Enquanto volta do céu
Cê que veio de santa pra trazer o que é meu
Traga toda a tua prenda, traga tudo que for
Que eu trago a poesia, pra esconder nossa dor
Traga toda a tua lenda, traga o teu cobertor
Que eu trago a poesia, pra cantar nosso amor
Menina do balaio, do teu lado eu não saio."

- O Teatro Mágico ~*

Cuida de Mim ~*


"Pra falar verdade, às vezes minto
Tentando ser metade do inteiro que eu sinto
Pra dizer as vezes que às vezes não digo
Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo
Tanto faz não satisfaz o que preciso
Além do mais, quem busca nunca é indeciso
Eu busquei quem sou;
Você, pra mim, mostrou
Que eu não sou sozinho nesse mundo.
Cuida de mim enquanto não esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo que sou quem eu queria ser.
Cuida de mim enquanto não me esqueço de você
Cuida de mim enquanto finjo, enquanto finjo, enquanto fujo.
Basta as penas que eu mesmo sinto de mim
Junto todas, crio asas, viro querubim
Sou da cor, do tom, sabor e som que quiser ouvir
Sou calor, clarão e escuridão que te faz dormir
Quero mais, quero a paz que me prometeu
Volto atrás, se voltar atrás assim como eu.
Busquei quem sou
Você, pra mim, mostrou
Que eu não sou sozinho nesse mundo."

- Fernando Anitelli ~*

O Anjo Mais Velho ~*


"Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientarA cena repete a cena se inverte
Enchendo a minh'alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar
Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar
Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só
Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar.

- Fernando Anitelli  ~*

No Ar ~*


"Na varanda onde o ar anda depressa
Vai embora na conversa
Na pressa de ficar
Na varanda onde a flor se arremessa
Onde o vento prega peça
Nos traz festa pelo ar
Na varanda a criança se debruça
Mãe menina ainda fuça
Nos cabelos a ninar
Na varanda onde a lua se levanta
Nossa rede se balança
Serenata pra acordar
Joga trança, busca o chão e não o céu
Qual barquinhos de papel
Sonha ir de encontro ao mar
Joga trança, busca o chão e não o céu
Qual barquinhos de papel
Sonha ir de encontro ao mar
E a noite vem, sendo o descanso do sol
E a ponte vem, sendo a distância de quem tá só
Um sol, com a cabeça na lua
A lua, que gira, que gira, que gira
E a noite vem, sendo o descanso do sol
E a ponte vem, sendo a distância de quem tá só
Um sol, com a cabeça na lua
A lua, que gira, que gira, que girassol."

- O Teatro Mágico ~*

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Lua Cheia ~*



"Ninguém vai chegar do mar
Nem vai me levar daqui
Nem vai calar minha viola que desconsola,
Chora notas pra ninguém ouvir
Minha voz ficou na espreita, na espera,
Quisera abrir meu peito, cantar feliz
Preparei para você uma lua cheia
E você não veio, e você não quis
Meu violão ficou tão triste, pudera,
Quem dera abrir janelas, fazer serão
Mas você me navegou mares tão diversos
E eu fiquei sem versos, e eu fiquei em vão."
 
(Chico Buarque) ~*

~*



"Diga o que sente
Me olhando de frente me abrace bem rente
Essa é a condição..."

(Chico César) ~*

Se Você Viajar ~*

"Acho, se você viajar
Talvez eu fique na fossa
talvez ninguém possa me consolar
Acho, se você viajar
talvez eu quebre a louça
E atravesse a Rebouças sem olhar pra lado algum
E eu que tantos fui
Talvez não seja nenhum
Como agora sou, sou, sou
Amor que não se mede
Amor que não se pede
Não se repete, amor!"

(Chico César) ~*

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Meu Vestido Amarelo ~*

"Hoje só queria tomar chá e o meu vestido amarelo usar...
Esperar a banda passar e ir junto com ela pra o vestido inaugurar, guardar a tristeza numa gaveta qualquer, porque tristeza e vestido amarelo não deve combinar, e todo mundo há de concordar...
- Já é tarde e me encontro no mesmo lugar com meu vestido amarelo e nada mais no lugar.
Nem Chá
Nem banda 
Só a tristeza,
Ela ainda continua lá...

- E como se não bastasse você hoje não me ouviu falar."

                                                                                                     (Deby Dias) ~*

Sortimento ~*


'Quis o doce, era tão doce, enjoou
Quis voltar a pé
E quis mais, sem pensar no quanto custou
Quis brigar por um motivo qualquer
Nem quis ouvir o recado, não o apagou
Quis que eu cuspisse o chiclete
Quis fazer uma surpresa pra mim
Mas não agüentou
Quis beber água com uma colher
Ah, vou tão longe pra te entender
Quis sair pra jantar e só reclamou
Quis me beijar
E quis vestir meu casaco, depois sentiu calor
Quis eu jurasse ser só sua mulher
Quis tanto aquele sapato, depois o detestou
E quis viajar
Quis conversar com seu pai, então, como chorou
Quis que eu fizesse um outro café
Ah, vou tão longe pra te convencer
Diz que me ama, mas o que é que eu fiz
Porque há mais de uma semana
Você está de má vontade
Tudo o que eu digo parece bobagem
Apesar de achar que, em parte
O que você diz é verdade
Mas isso não é nenhum desastre
Pois nunca é tarde pra saber
Que não há nada errado em sermos diferentes
(Só somos diferentes)'

(Nando Reis) ~*

Hoje Mesmo ~*



"Não há idéia que alcance ou seja parecida com a imagem da menina esguia, a bolsa a tiracolo
- e as pedras só pesando
Pois ela nunca irá jogá-las!"

(Nando Reis) ~*

Estrelas ~*



"Estrelas , estrelas que me levam além da vida
além do sonho , além da noite
querias que tu fosses eterna
para que o sol não me acordasse
não me matasse como todos os dias
em que vejo a brilhante luz que queima meus olhos
que queima meu coração e meus lindos sonhos."

(Florabela) ~* 

~*


"Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada"

(Clarice Lispector) ~*

Nome de Estrela ~*



"Pra cantar, basta crer que vais voltar
Com certeza a tua volta continua
Como um pássaro que a noite entristeceu
E traz nos olhos a melancólica lua
De um céu que ainda é meu, que ainda é meu
Alguém te acena de um trem que vai partindo
Quero chamar-te ao vê-la
Mas só me lembro vagamente
Que tens um nome de estrela."

(Fagner) ~*

Me Leve (Cantiga Para Não Morrer) ~*

"Quando Você for-se embora
Moça branca como a neve
Me leve, me leve
Se acaso você não possa
Me carregar pela mão
Menina branca de neve
Me leve no coração
Se no coração não possa por acaso me levar
Moça de sonho e de neve
Me leve no seu lembrar
E se aí também não possa
Por tanta coisa que leve
Já viva em seu pensamento
Moça branca como a neve
Me leve no esquecimento"

(Fagner) ~*

~*







"Um dia uma folha me bateu nos cílios.
Achei Deus de uma grande delicadeza."

(Marta Medeiros) ~*

Casa, Comida e Paixão ~*

"Aonde esse amor me levar
Vou no deserto criar um jardim
No oceano fundar um país..."

(Elba Ramalho) ~*

terça-feira, 20 de abril de 2010

Como Se Fosse a Primavera ~*


"De que calada maneira
Você chega assim sorrindo
Como se fosse a primavera
Eu morrendo
E de que modo sutil
Me derramou na camisa
Todas as flores de abril
Quem lhe disse que eu era
Riso sempre e nunca pranto
Como se fosse a primavera
Não sou tanto
No entanto, que espiritual
Você me dá uma rosa
De seu rosal principal
Ide qué callada manera
Se me adentra usted sonriendo,
Como se fuera
La primavera!"

(Elba Ramalho) ~*

Encanto ~*


"Nos galhos do arvoredo

Ouvi alguém me encantar
Só com o seu canto
Fui levada para lá
Simples de dizer
Fácil de entender
Alguém que vem de longe
Prá pertinho de você."

(Elba Ramalho) ~*

sexta-feira, 16 de abril de 2010

~*

"Aquele que amo
Disse-me
Que precisa de mim.
Por isso
Cuido de mim
Olho meu caminho
E receio ser morta
Por uma só gota de chuva."

(Bertold Brecht) ~*

~*



"A noite acendeu as estrelas porque tinha medo da própria escuridão."

(Mário Quinta) ~*

~*

quinta-feira, 15 de abril de 2010

A bailarina ~*






"Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.
Não conhece nem mi nem fá
Mas inclina o corpo para cá e para lá
Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.
Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.
Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.
Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças."

(Cecília Meireles) ~*

~*

"Preocupar-se é como a cadeira de balanço;
te dá algo para fazer, mas não te leva a lugar nenhum".


(O dono da festa) ~*


quarta-feira, 14 de abril de 2010

~*



"Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!"

(Mário Quintana) ~*

~*




"Nós somos do tecido de que são feitos os sonhos.'

(William Shakespeare) ~*


No pequeno museu sentimental ~*







"No pequeno museu sentimental

os fios de cabelo religados
por laços mínimos de fita
são tudo que dos montes hoje resta,
visitados por mim, montes de Vênus."

(Carlos Drummond de Andrade) ~*

terça-feira, 13 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

~*

"Quando estou feliz
Subo no sofá
Me enrolo
Não estrago as cortinas
Passo por cima dos livros
Os admiro
Tanto quanto
A noite
A poesia
As inúmeras palavras bonitas
Ainda mais quando ditas
Entre sarcasmos e ironias ..."

(Nana Caê) ~*

Quero Soprar ~*

"Quero soprar tudo até chegar em tua orelha
Quero soprar
Até ficar sem ar
Cair no chão
E só acordar quando você chegar
Perto
Perto
Mais perto
Acordar apenas quando você voltar
Por que segundo Bazar Pamplona ...
"As minhas piadas são sérias
as minhas risadas são meras desculpas"


(Nana Caê) ~*

Sem Medo de Beijar o meio Fio ~*

"O cara que anda junto com o ódio
Chegou de supetão e disse pra eu não questionar
Mandou que eu perdesse a razão
Me deu tiros no coração
E ainda disse pra eu não chorar
Eu
Besta fui eleita
No diminutivo pra tudo piorar
Dormi na minha cama
Dormi na sua
No tapete
Em filmes
Dormi esperando você acordar
Senti felicidade
Você
Necessidade
Alegria
Calor
Senti saudade
E aprendi que nem tudo se pode evitar
Usei a cor que você disse que mais gostava
Tive no cabelo os piores penteados
Só pra você sorrir
E depois novamente bagunçar.
Virei atleta
Corri
Pior ainda ...
Corri apostado
Na rua me joguei
Sem medo de beijar o meio fio
Ali me deitei
Me fiz de perdedora
Só pra você ganhar
Revelei tudo
Dos segredos ás mais prováveis loucuras
E fui tentando te embalar
O destino eu comprovei
Mas bravo que só ele
Se vingou
Me botou de castigo
E mandou eu esperar...
Esperar o tempo
Esperar as Horas
Esperar pelo menos um ano
Pra tudo se ajeitar."

(Nana Caê) ~*

~*


"Se tem nas mãos planos
E na memória tantas lembranças
É comum que sobre sua cama o sono pese.
Não desbote menina
Escolha na certeza suas cores óbvias
Abra os olhos
Apenas acorde
Por que chegar a um final por agora ainda não é preciso."

(Nana Caê) ~*

~*


"Eu gosto das pessoas pelo prazer de gostar e não porque deu tempo de gostar delas."

(Tati Bernardi) ~*



~*

"Bom mesmo é ter problema na cabeça,
sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus
e que tal um cafezinho gostoso agora?
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!"

(Arnaldo Jabor) ~*

domingo, 11 de abril de 2010

Casa No Campo ~*


"Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
Meu filho de cuca legal
E nada mais..."

(Elis Regina) ~*

~*



"Um amigo verdadeiro é alguém que pensa que você é um ovo bom mesmo que saiba que você é ligeiramente rachado."

(Bernard Meltzer) ~*



A Idade do céu ~*

"Não somos mais
Que uma gota de luz
Uma estrela que cai
Uma fagulha tão só
Na idade do céu
Não somos o que queríamos ser
Somos um breve pulsar
Em um silêncio antigo
Com a idade do céu
Calma
Tudo está em calma
Deixe que o beijo dure
Deixe que o tempo cure
Deixe que a alma
Tenha a mesma idade
Que a idade do céu
Não somos mais
Que um punhado de mar ."

(Jorge Drexler) ~*

sábado, 10 de abril de 2010

Tente ~*



"Tente.
Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto,
uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem.
Pelo menos sorria,
 procure sentir amor.
Imagine.
Invente.
Sonhe.

Voe..."

                                                                                                                                                         (Caio.F) ~*


sexta-feira, 9 de abril de 2010

~*


"A educação faz com que as pessoas sejam fáceis de guiar,
mas difíceis de arrastar;
fáceis de governar,
mas impossíveis de escravizar."

(Henry Peter) ~*

quinta-feira, 8 de abril de 2010

~*





"No seu pequeno sαpαtinho
Elα dαnçα como se fosse
Umα criαnçα
Umα criαnçα já crescidα
Que não se cαnsα de dαnçαr
Sem pαrαr
Criαnçα, já não é mαis
Se fosse eu estαriα α dαnçαr
junto α elα sem pαrαr..."

(Priscillα Mαchαdo Dzúbα) ~*

quarta-feira, 7 de abril de 2010

~*





"Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez!
 E falsa seja para nós toda a verdade que não tenha sido
acompanhada por uma gargalhada!"

(Friedrich Nietzsche) ~*



Não quero ser... sem que me olhes ~*

"Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando."

(Pablo Neruda) ~*

Quase Tudo ~*

"Tudo que dá pra sentir
Quase que dá pra pensar

Tudo que dá pra pensar
Quase que dá para ouvir

Tudo que dá para ouvir
Quase que dá para ver

Tudo que dá para ver
Quase que dá pra pegar

Tudo que dá pra pegar
Quase que dá para ter

Tudo que dá para ter
Quase que dá para dar
 
E quase tudo dá..."

                                                (Arnaldo Antunes) ~*

Eu Vou Ficar Aqui ~*






"-Esperar por ele é o que me resta...
Por isto toque a música bem alto
Toquem me façam dançar
(Façam meu corpo dançar)
Por isto toquem a música bem alto
Façam o tempo passar
(Façam o tempo parar)
Parar passar parar passar..."

                                                                                  (Arnaldo Antunes) ~*

terça-feira, 6 de abril de 2010

~*

Da Aurora Até o Luar ~*

"Olho de janela
Nuvem de algodão
Pele de flanela
Sopa de vulcão
Borda de caneca
Bola de papel
Ferro na boneca
Lágrima de mel
Toda noite lembra o que aconteceu de dia
Sonha para o sono vir
Quando você for dormir
Quando você se deitar
Deixa o pensamento ir
Sem ter nunca que voltar
Música vermelha
Pássaro de flor
Chuva sobre a telha
Beijo de vapor
Riso no escuro."

(Mariza Monte) ~*

A Menina Dança ~*

"No canto do cisco
No canto do olho
A menina dança
E dentro da menina
Ainda dança
E se você fecha o olho
A menina ainda dança
Dentro da menina
Até o sol raiar
Até dentro de você nascer
Nascer o que há."


(Mariza Monte) ~*

~*

"Quero fazer contigo o que a primavera faz com as cerejeiras"

(Pablo Neruda) ~*

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Todo Carnaval Tem Seu Fim ~*

"Todo dia um ninguém José
Acorda já deitado
Todo dia ainda de pé
O Zé dorme acordado
Todo o dia, o dia não quer
Raiar o sol do dia
Toda trilha é andada com a fé
De quem crê no ditado
De que o dia insiste em nascer
Mas o dia insiste em nascer
Pra ver deitar o novo
Toda rosa é rosa
Porque assim ela é chamada
Toda bossa é nova e você
Não liga se é usada
Todo o carnaval tem seu fim
Deixa eu brincar de ser feliz
Deixa eu pintar o meu nariz
Toda banda tem um tarou
Quem sabe que não toco?
Todo samba tem um refrão
Pra levantar o bloco
Toda escolha é feita por quem
Acorda já deitado
Toda folha elege um alguém
Que mora logo ao lado
E pinta o estandarte de azul
E põe suas estrelas no azul
Pra quê mudar?
Deixa eu brincar de ser feliz
Deixa eu pintar o meu nariz."

                                                                        (Marcelo Camelo) ~*

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Deixe Entrar Um Pouco D'agua No Quintal ~*


"Já que a vida corre e o tempo não se vê
Faça tudo simples olhe p'ra você
Mude de idéia se esse for o caso
Deixe entrar um pouco d'água no quintal
Fique em pé sem se cansar
Quanta coisa de errado eu já fiz
Tudo está gravado em algum lugar."

                                                                 (Os Mutantes) ~*

Tô querendo Esse Tempo Todo ~*

"Que ele seja o meu companheiro
Mate de amor e de cheiro
Seja meu e de mais ninguém
Que a gente se perca no ar
Sem ter pressa nem hora marcada."

                                                              (Roberta Miranda) ~*